Whatsapp

blog

11/01/2022

3 filmes sobre ciência para ver nas férias

As férias são o melhor momento para colocarmos em dia aqueles filmes que não conseguimos assistir ao longo do ano.

E por que não aproveitar este momento para mesclar lazer com aprendizado?

Nós selecionamos 3 filmes sobre ciência para você curtir nas férias. Confira!

1. Contágio (2011)

Contágio retrata o espalhamento de um vírus letal, transmissível pelo ar e que mata em poucos dias. Nesse cenário a comunidade científica corre contra o tempo para tentar produzir vacinas e remédios que controlem a difusão do vírus.

Além de podermos traçar um paralelo com a pandemia do novo Coronavírus, o filme mostra de maneira bastante clara como ocorrem os saltos dos vírus de animais silvestres para animais domésticos e então para humanos, processo que caracteriza o surgimento de doenças com potencial pandêmico.

No longa-metragem, também podemos acompanhar o processo de produção de vacinas, os cuidados que envolvem o trabalho dos cientistas em diferentes níveis de biossegurança e os aspectos epidemiológicos necessários para a contenção da doença enquanto vacinas ou remédios não estão disponíveis.

2. Perdido em Marte (2015)

Considerado um dos filmes de ficção mais precisos cientificamente, Perdido em Marte conta a história de um botânico que integra uma missão espacial ao planeta vermelho. O cientista é dado como morto quando uma tempestade de areia o afasta do grupo e obriga os outros tripulantes a abortarem a missão.

Sozinho, o protagonista vê a necessidade de usar todo o seu conhecimento científico para tentar se comunicar com a equipe na Terra e sobreviver até a chegada do resgate.

Alguns dos acertos científicos mais interessantes do filme são o tempo de viagem até Marte, as paisagens do planeta e as técnicas usadas para o cultivo de batatas e produção de água. Além desses aspectos, também é possível trabalhar em sala de aula o espírito para resolver problemas, a criatividade do protagonista, o processo de experimentação e erro e a importância do conhecimento e pensamento científico para sua sobrevivência.

O Jogo da Imitação (2015)

O Jogo da Imitação conta a história de Alan Turing, um matemático que foi chamado pelo governo britânico para trabalhar em uma missão para criar uma máquina que pudesse quebrar o “Enigma”, código usado pelos alemães durante a Segunda Guerra Mundial para passar mensagens aos seus submarinos.

Essa máquina citada no filme pode ser considerada a tataravó do computador, pois já utiliza a linguagem binária de zeros e uns para funcionar. Também é possível perceber a importância do trabalho em equipe, já que Turing tem problemas de relacionamento com o grupo e isso interfere no sucesso do projeto.

Outros aspectos abordados pelo filme que podem ser usados de maneira interdisciplinar são:

Os acontecimentos da Segunda Guerra Mundial;
Os preconceitos de gênero e sexualidade tanto com relação à única mulher do grupo de trabalho, como em relação ao próprio protagonista que era homossexual;
E os dilemas éticos enfrentados pelo grupo.

Estima-se que a invenção de Turing tenha encurtado a guerra em pelo menos dois anos.

Receba todas as nossas novidades por e-mail

Ao clicar em enviar, você concorda com a nossa Política de Privacidade